quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Refletindo....



Hoje não sei quem sou nem para onde vou,
Hoje não sei onde é que está a minha felicidade,
Hoje não sei ir sem olhar para traz,
Hoje não sei até onde sou capaz!

Caminhar num mar calmo é o meu desejo,
Caminhar sem sentir esta dor perpétua,
Caminhar sem contestar as ondas que me levam para longe,
Caminhar sem esta solidão que acompanha o que vejo!

Apenas penso, como remar em mar tão agitado?
Apenas remando contra esta corrente de mágoas,
Apenas juntando minha força singela no comando,
Apenas isso e te verás num porto mais seguro!

Escutar as ondas a acalmarem em meu comando,
Escutar a tua voz segura e determinada em mim,
Escutar a sintonia do mundo á minha volta,
Escutar e seguir as tuas pegadas de novo!

O meu “EU” aqui ficará contemplando,
O Meu “EU” que se guiou pelas ondas revoltas,
O Meu “EU” que ficará para sempre neste mundo,
O Meu “EU” crescendo e sofrendo em constantes voltas!

6 comentários:

Romeu disse...

Vou seguir o teu conselho e "Hoje vou Caminhar e Apenas Escutar O Meu "EU""

Anónimo disse...

Assim descubro o que teu sorriso tímido por vezes encobre: a sensibilidade.

Já adivinhava que havia em ti ruas escuras, ora vazias ora plenas, mas de pedra prontas a ser esculpidas.


Um beijo,

Elisabeth P.

Anónimo disse...

Parabéns pelo blog e pelos belos poemas!
Não sabia que tinhas este dom. Estou agradavelmente surpreendida...
Catarina Cardoso

Anónimo disse...

o meu "EU" esta sempre a crescer e o teu tambem! um grande beijo, Parabens mais uma vez!
Marta Morais

Anónimo disse...

Muitas pessoas irão entrar e sair da tua vida
mas somente verdadeiros amigos deixarão pegadas no teu
coração.

Para lidar contigo mesma, usa a cabeça,
para lidar como os outros, usa o coração,
raiva é a única palavra de perigo.

Se alguém te traiu uma vez, a culpa é dele;
Se alguém te trai duas vezes, a culpa é tua.

Quem perde dinheiro, perde muito,
Quem perde um amigo, perde mais.
Quem perde a fé, perde tudo.

Jovens bonitos são acidentes da natureza:
Velhos bonitos são obras de arte.

Aprende também com o erro dos outros,
Tu não vives tempo suficiente para cometer
todos os erros.

Amigos tu e eu...
Tu trouxeste outro amigo...
Agora somos três...
Nós começamos um grupo...

O nosso círculo de amigos...
E como um círculo,
não tem começo nem fim...

Ontem é história:
Amanhã é mistério,
Hoje uma dádiva,

É por isso que é chamado presente...


Fabiano Lustosa



Um Beijinho,
Bela

Anónimo disse...

O meu estado de espirito neste momento traduz se naquilo que escreves por mais incrivel que pareça!beijo Nádia